Contexto

Um economista uma certa vez me disse, “ Há somente uma maneira de se elevar a riqueza de um sistema [como o de uma cidade]: dinheiro precisa ser injetado de fora. Há somente duas maneiras de se fazer isso: ou fabricamos coisas e as exportamos ou convencemos pessoas a virem para nosso sistema e partilharem de seu dinheiro.”

 

Berwick é a cidade mais ao norte da Inglaterra. É um lugar fabuloso mas tem perdido muitas de suas indústrias tradicionais e com isso oportunidades de emprego. Isso acontece por sua posição relativamente isolada, melhoria no acesso à transporte e a maneira como todas as industrias estão se tornando cada vez menos localizadas. Através dos séculos, por muitas razões, cidades e vilarejos tem “desaparecido” por simplesmente não mais possuirem razão de existência. 

 

Berwick foi um dia, o foco de um movimentado setor agricultural, pesqueiro e manufatureiro servindo uma area no raio de cerca de 20 milhas e além. Não mais o caso, infelizmente. Berwickers frequentemente, anseiam pelos “bons velhos tempos” (seja la quando tenha sido), relembram as lojas independentes e lastimam as lojas de caridade, ou pior, as lojas vazias que hoje as substituem. Por mais triste que seja, muitas outras cidades incluindo grandes destinos turísticos como York, sofrem do mesmo problema. Entretando, não adianta reclamar. Berwick não é York. Precisa se re-inventar para progredir. Precisa encontrar uma nova raison d'etre.

 

Em um mundo ideal, Berwick poderia atrair novos negocios. Isto não esta acontencendo em nenhuma grande escala, certamente não o suficiente para encontrar o contínuo fechamento de “grandes” negócios estabilizados. Os empregos que existem são de maioria de meio-período e com baixos salários. 

 

Não existe razão pela qual empresas não poderiam estabelecerem-se em Berwick, especialmente aquelas baseadas na internet e que entretanto, não precisam contar com transporte de mercadorias; a falta de uma A1 de estrada dulpa pode ser um impedimento. Portanto, de  curto a médio prazo, enquanto se deve continuar a ser encorajado, é minha opinião que não podemos contar com empresas privadas para regenerar a cidade.

 

Pessoas locais e visitantes igualmente me perguntam porque, com a rica história de tapeçaria que temos tecido atrás de nós, não atraimos mais visitantes. Isto é algo a preocupar Northumberland como um todo e não só Berwick. Em pesquisas recente, 41% dos visitantes de Northumberland atribuiram a razão de sua visita ao patrimônio cultural, ainda somente 4% das visitas domésticas dentro da Inglaterra são ao Nordeste. Isso sugere uma discrepância enorme entre mercado atual e mercado potencial.

 

Um grande problema é que Berwick, apesar de ter um nos  patrimônio histórico ímpar, tem relativamente pouco disso deixado no solo. Praticamente todos os rastros de nosso passado medieval disapareceu. Além disso, os visitantes gostam de Berwick mas não há um único alvo atrativo que traga uma imagem imediata para a mente do visitante. Berwick não tem “Castelo de Alnwick e seus jardins”. Sim, nós temos um único conjunto de muralhas Elisabetano, mas isso não conjulga uma visão instantânea da mesma maneira. 

 

Portanto, o cenário “ovo ou galinha” é apresentado. Hotels e outros negócios turísticos não virão para a cidade a menos que hajam visitantes, mas os visitantes não irão vir sem essas facilidades! Não há qualquer intenção de diminuir os vários projetos maravilhosos e eventos que muitas pessoas e grupos organisam, mas nenhum que seja realmente “único”; nenhum fará um possível visitante  pensar, “NÓS TEMOS que ir lá para ver aquilo!”

O projeto CONSTRUIR O CASTELO DE BERWICK pretende corrigir isso. 

 

O projeto visa a criação de centenas de empregos na contrução durante a fase de edificação e muitos outros para manter e gerir o projeto. Os vistantes que o projeto atrairia, iria impulsionar o setor geral de turismo na cidade e area, atraindo assim, outros negócios não turísticos. I gostaria de deixar claro que eu não estou fazendo isso por nenhum lucro pessoal. É pela comunidade como um todo.

A Visão da coisa

Em resumo, a idéia é contruir uma réplica do castelo de Berwick em grande escala, baseado em anos de pesquisa realizados e escritos por mim. A localização proposta seria no Carlin Braes perto de Castle Hills House, no que parece ser um campo aberto com topografia similar ao da localização original. Acesso poderia ser diretamente de um atalho da A1.

Este projeto poderia ser a solução para muitos dos problemas de Berwick: falta de emprego, jovens deixando a cidade, estagnação e desilusão. Se você leu até este ponto, eu acredito que você deva estar intrigado a saber mais. Obrigado. Minha visão é para uma replica de tamanho inteiro do Castelo de Berwick e pode ser traçado assim:

 

  • Uma importante atração turística que irá atrair milhares de visitantes a Berwick. Descobrir a história dessa grande fortaleza de fronteira e como a vida era em Berwick medieval em uma distante recriação de Bondington, um vilarejo há muito disaparecido da região. 

 

  • O estabelecimento de uma “instituição de patrimônio cultural” no qual estudantes de todas as idades poderão aprender desde turismo a ofícios tradicionais como alvenaria e carpintaria. Estes estudantes obteriam experiência ao ajudar contruir o castelo. A presença de jovens na cidade atrairia capital de externo, revitalisando o comércio da cidade e oferecendo aos jovens locais novas oportunidades.

 

  • Educação. Uma parte vital do projeto será de trazer para as crianças da redondeza e de outros lugares, consciência da significância de Berwick na formação da história Escocêsa e Inglesa.

 

  • Há um enorme potencial para o uso da indústria de filme e TV. No momento da escrita, uma importante franquia de Hollywood estavam filmando em Alnwick e Bamburgh.

 

  • Acomodação. Possívelmente e/ou acomodações de luxo ou experiência histórica de hospedaria de maneira “autêntica” completa com colchões de palha, fria e com água gelada (das paredes!), etc.

 

  • A contrução de um castelo é um conceito um tanto notável. Apenas a publicidade que este projeto poderia receber seria incrível. Eu estarei lançando uma séria campanha publicitária para promover o projeto. Isto por si só irá trazer a tão necessária atenção para a cidade de Berwick.

 

Mais informações sobre o castelo original.

Possible location plan and artist impressions of the new Berwick Castle.  (Click on the pictures for enlanged pop-ups.)
 
 
Inspirations

There have been several sources of inspiration.

 
  • Guédelon in Burgundy, France.  This project to build a small castle in the local style using only 13th century methods was started in 1997.  It has a projected 25 year build time.  Despite being it the middle of a forest accessible only by road, it attracts 300,000 visitors per year.​

Guédelon, France.
  • The Middelaldercentret​ (Middle Ages Centre) in Nykøbing Falster, Denmark is now in it 25th year.  It consists of a typical village and port set in the early 15th century with technogy of the ages demonstrated.
    A second Middle Ages Centre is situated on the island of Bornholm.

Middelaldercentret, Nykøbing Falster, Denmark.

  • While portraying a completely different era, Beamish Museum is well known in this area and is the first ​open air museum of its kind in Britain, opening its doors in 1972. Its founder Frank Atkinson found inspiration from Scandinavian folk museums.  It now attracts some 670,000 visitors a year.
    Many other similar attractions have opened subsequently, such as the excellent Weald and Downland Museum.

Beamish Museum,
County Durham.

Weald and Downland
Open Air Museum, West Sussex

  • A completely different project was the building of the LNER A1 steam engine Tornado.  Finished in 2008, the construction by enthusiasts was hailed as a huge triumph and captured the public imagination with widespread news coverage.

Tornado

Desafios

Certamente não será um negócio facíl realizar esse projeto. Eu terei de ter discussões sérias com várias partes para ver se isso é teoricamente possível, mas acredito que os benefícios são evidentes. Como dizem, existem n problemas; apenas soluções a serem encontradas. Eu precisarei da ajuda de especialistas no futuro que se aproxima para aconselhar e auxiliar com o projeto. Algumas das soluções a serem encontradas tratam de coisas como:

 

  • Aquisição de terra

  • Licensa de construção 

  • Questão ambiental

  • Licensa para ameia

  • Investimento

 

Destes, investimento é obviamente o maior desafio. O Heritage Lottery Fund pode ser de alguma ajuda mas eu vejo esse projeto largamente investido por meio de doações e patrocínio. Eis a necessidade de fazer algum barulho na esperança de atrair alguns milionários filantrópicos!

 

Se alguém que ver isso puder seriamente ajudar de alguma maneira, por favor entre em contato (de preferência em Ingles) no buildberwickcastle@gmail.com

Estatísticas
  • 9% UK GDP vem do turismo, in 2009 gerando £129bn.

  • 70% dos adultos na Inglaterra visitaram um patrimônio histórico nos últimos 12 meses. (Fonte, p.1)

  • 41% dos visitantes a Northumberland em uma recente pesquisa afirmaram que a razão da visita era em relacão ao patrimônio histórico.

  • A média diária de gasto em visita à Northumberland é de £51.

  • De todas as atrações físicas visitadas em Northumberland, patriônio histórico são de longe, a mais popular, em particular Bamburgh Castle, Lindisfarne e Alnwick Castle. Em comparação, Berwick não é mencionada nas estatísticas, à parte from (presumidamente) outros.

  • Somente 4% das visitas domésticas dentro da Inglaterra são ao Nordeste.

  • Em 2006, 30% dos visitantes de fora planejaram visitar castelos famosos, igrejas, monumentos e casas históricas. Superando teatro, ópera, balet e concertos (10%). Atividades esportivas (11%) e museus e galerias de arte (23%). Somente compras é mais popular.

 
 

© 2023 by by James Consulting. Proudly created with Wix.com